•  
     

A Arte de colar em provas. (2° Partt')

Inicio do Post - A Arte de Colar em provas. (1° Partt')

Tradução livre: "Qual a resposta da questão #1?" "Sua Mãe." "Minha mãe é a principal ministra da Noruega? .-."


Eu não recomendaria isso na maioria das situações. geralmente o ambiente de prova é silencioso, gera um "clima tenso" na sala. Qualquer coisa que você falar, por mais baixa que seja, pode indiscretamente chegar aos ouvidos do professor. Se ele te conhece bem, e reconhece sua voz, é zero pra você e seu parceiro na hora.
Eu recomendaria isso para o caso de você estar "extremamente necessitado" da resposta de uma determinada questão, e o professor estiver com a guarda bem baixa, como conversando com outra pessoa na porta da sala, ou lendo e corrigindo provas que ele já recebeu.
De qualquer modo, esse é o jeito mais arcaico, mais difícil e mais perigoso de colar. E provavelmente o mais usado também.

Colando por códigos


Apenas um gesto comum. Será?


Totalmente criativo. Totalmente discreto na maioria dos casos. Não existem provas contra você. a não ser que você esteja sendo MUITO ______, chamando atenção e fazendo números com a mão.

Colar por códigos talvez seja o jeito mais fácil e seguro de colar, mas é preciso fazer algumas observações.

Usar a criatividade é fato, já que, quanto mais criativo e natural, menos a chance de ser percebido. Quando eu estudava no Magnum, havia um grupo de colegas meus que fazia o seguinte. O mais inteligente, que se sentava na primeira carteira, só precisava "coçar a perna" na ordem certa das questões. Na altura do joelho significa "A", um pouco abaixo do joelho, "B", Próximo ao pé, "C", no pé, "D". Caso ele faça isso com os devidos espaços de tempo, e aqueles que forem seguir a cola estiverem devidamente atentos, nada pode dar errado.
Outros lugares também são bem úteis e discretos. Coçar a nuca. Olhar para determinada direção( lado esquerdo "A", direito "B", cima "C" baixo "D"), espreguiçadas, estralar os dedos de determinadas formas, enfim, todo tipo de coisas pode ser usada na linguagem dos códigos.

No caso de ser pego, tente agir como uma pessoa inocente agiria caso o professor desconfiasse dela, diga coisas tipo "____ professor, não posso nem coçar minha perna mais em paz que você já me enche o saco?"
Mas em todo caso, se ele desconfiar, pare imediatamente, ou pode acabar tendo sua prova tomada.

Olhando a prova dos outros


Não se engane. É tudo em prol das férias mais cedo.


Atitude perigosa. Movimentos bruscos chamam a atenção de professores. Mas se mover lentamente aumenta as chances dele olhar na sua direção e te flagrar numa posição "desprivilegiada".
O ato de olhar a prova é útil em provas abertas, quando você terá que ler a questão do seu colega a frente, em alguns casos, sem que ele perceba.

No caso de ser uma cola combinada, basta que seu colega se sente de modo "folgado", para te dar abertura por cima do ombro ou pelos lados, no caso de pessoas pequenas, a coisa se torna ainda mais fácil.

O momento correto para fazer isso, será sempre que o professor, durante sua "ronda" pela sala, passar pelo seu lado. Principalmente se você estiver sentado nas carteiras do meio, isso significa 3,5, ou até uns 7 segundos para colar.

Em todo caso, evite esta tática, ela é fácil de ser pega e não há justificativas ou coisas do tipo, além de que sempre corre o risco de haver provas tipo "A" e "B", e dependendo da empolgação do seu professor, tipo "C", "D", "E", enfim, infinitos tipos de provas diferentes, distribuidos de forma organizada ou desorganizada. Sua chance de copiar uma prova inteira e se deparar com gabaritos diferentes é alta.

Segunda parte


Estudando os professores


Ela está de olho em você.


Entender a natureza dos ensinadores é peça fundamental para executar melhor a cola. Caso você saiba quais são os hábitos destes, você pode aprender a dribra-los e usa-los a seu favor.

Primeiro, quais as atitudes mais comuns dos professores para detectar colas?


Ficar no fundo da sala observando a turma é a primeira delas. Isso possui uma vantagem e uma desvantagem. A desvantagem é que você não sabe o posicionamento do professor, e ele provavelmente terá uma melhor visão da sala toda. Sentar o mais fundo possível é melhor por isso. Lembre-se que sempre é bom saber o posicionamento dele antes de colar, e você só saberá caso ele esteja na linha a sua direita para frente, do contrário, cuidado.
A desvantagem é que ele não terá visão do que acontece com seus olhos, e caso você coloque uma mão discretamente na altura do colo, para manipular papéis, celulares ou objetos quaisquer, ele terá dificuldades em ver, principalmente se você estiver nos cantos.
Nesse caso, a posição ideal para se sentar é no fundo da sala, nas fileiras do canto.


Alguns professores acham que são soldados, e devem ficar rondando a sala, como se fossem cães farejando colas. Esse ato te dá uma vantagem clara. Sempre que ele passar por você, ficará de costas, te dando uma chance perfeita para colar. Esse é o momento, de todos os existentes, mais propício a cola. Você terá de 3 a 7/10 segundos para colar. Existem ainda os momentos maister bonnus, será quando o professor parar para ajudar um colega, na fileira ao seu lado, de costas para você. Desde que não faça sons, tudo é possível nessa hora.

Alguns professores ficam no meio da sala, parados em pé de braços cruzados, olhando atentamente em todas as direções, algumas vezes, movendo apenas os olhos, com o rosto parado. Em situações extremas, ele pode resolver usar um óculos escuro.

O óculos te deixa numa situação bem desconfortavel, ele pode estar te encarando, e você não irá perceber. Muita gente entra em pânico, e ao menor movimento da cabeça dele fazem movimentos bruscos, se entregando. A última coisa que se deve fazer ao colar são movimentos bruscos.
Lembre-se que óculos escuros deixam tudo mais escuro (dã), e como a sala em geral é iluminada fracamente por lampâdas, a visão dele ficará pior, apesar de estar camuflada. Isso significa que movimentos simples podem ser feitos de modo mais livre e mais camuflados, com menor chance de serem pegos.

O professor estando no centro da sala, empé observando a turma, inicialmente estará atento e olhando para todos, mas lembre-se de que o tempo é um inimigo letal deles. Já percebeu que quando não fazemos nada o tempo começa a se arrastar? imagine ficar encarando 40 pessoas fazendo prova, enquanto você não faz basicamente nada? Sentiu o drama?
Na posição parada na frente de todos, ele terá uma visão ampla, mas também terá muitas coisas pra olhar. Ele vai se cansar, e após algum tempo, colar vai se tornar uma coisa simples e fácil.

Professores assentados e observando a sala terão uma visão pior do todo, e se cansaram mais rápido.

Já vi alunos que usam o máximo de tempo possível em sala de aula fazendo suas provas. Isso tem lados bons e ruins.
Já vi muitos casos de professores que, depois que já está 1, 2, 3, 5 horas aplicando prova, e restam 3 ou 4 alunos apenas, e a prova que está sendo dada é a dele, ele se cansa, para ao lado do aluno e o ajuda com as últimas questões.
Além disso, depois de 1 hora e meia empé encarando adolescentes, ele não vai ter mais paciência para ser o lobo que era nos primeiros 5 minutos.
Isso nos leva a outra premissa, nunca cole nos primeiros 15 minutos de prova, será o momento em que ele estará mais atento.
O grande problema de ficar para o final, é que a maioria dos alunos já terá saído da sala, dependendo da escola e do horário da prova. Sendo assim, o professor terá que se concentrar em poucas pessoas, além de que não haverá mais pessoas na sua frente, atrás e dos lados, assim colar em grupo se torna difícil.
A atitude mais comum para evitar colas é fazer provas diferentes. Geralmente em escolas particulares haverá "tipo A" e "tipo B", e elas são entregues "sim não sim não sim não". Alguns professores "embaralham" as provas, criando assim mais uma dificuldade para se saber qual o tipo do colega a frente. Outros ainda deixam o tipo da prova camuflado, de modo que os alunos, a não ser que comparem as questões, não saibam qual é, e mesmo que as comparem, ainda pode haver questões iguais, nos mesmos lugares, com alternativas variadas. Cuidado.
Caso eles entreguem do estilo mais simples. "A B A B A B" e assim por diante, você não poderá colar olhando, conversando nem por papéis em dupla de modo fácil (a não ser que use a caneta), mas os sinais e celulares apenas precisam ser revistos.

Atitudes "Premmium"


Esse ai é seu professor. Bonito não?


Existem quatro atitudes que o professor fará, que te darão oportunidades perfeitas para cola.

1- Já citada, quando ele passar por você caminhando. Ele ficará de costas, e você terá alguns segundos para colar a vontade. Caso você esteja nas primeiras carteiras e ele passe na direção em que você não pode ver, é perigoso, por não poder ve-lo, mas ele também não esperará que você faça isso, então colar nessa hora também é válido, apesar de menos recomendado.

2- Quando ele parar para ajudar um colega seu, e estiver de costas para você. Se você tiver como observa-lo, melhor ainda. Assim, você terá um tempo indeterminado, de alguns segundos, até minutos para colar.

3- Caso o professor vá para a porta da sala conversar com alguém no corredor. Mesmo que ele esteja observando a sala, ele ainda te verá de costas, sem poder olhar seus olhos e suas mãos, com o bônus de estar distraido com a conversa. Isso de dá mais uma boa oportunidade de cola.
Certa vez, fazendo uma prova de recuperação, um professor lerdo saiu da sala por uns 5 minutos. Naturalmente eu passei na recuperação. Lógico. Eu e mais 50 pessoas.

4- Quando eles estão sentados em suas mesas observando a sala, geralmente costumam se entreter com alguma coisa, para passar o tédio. Veem suas "papeladas", começam a corrigir as provas, já vi inclusive professores lendo livros e até tirando "cochilos". Não podemos deixar de nos aproveitar dessas situações.

Considerações finais


Quem desconfiaria dele?


Colar é arriscado. Você vai perder sua prova, e em alguns casos, vai ser julgado em tribunal. Caso seja pego, a ferrada é grande. em escolas particulares de grande porte, os pontos de uma prova podem significar uma recuperação, uma recuperação final, ou até mesmo uma reprovação.
Não é atoa que eles fazem tudo para desencorajar essa atitude. Tem provas diferentes, um ou mais professores rondando a sala, etcs etcs etcs.
Mas não seria uma arte se não fosse difícil, nada mais divertido que as boas histórias que resultam das colas, e da grande satisfação que se sente ao conseguir colar. Sentir-se o próprio James Bond.
Colar não é tão difícil quanto a maioria pensa. Nem é preciso prática, só um pouquinho daquilo que você já nasceu tendo, "filhadaputagem humana". Apesar de que, claro, quanto mais praticar, melhor será.

Use essas habilidades, vença a soberania dos professores, mostre a escola que você é mais esperto do que ela, e nunca se esqueça do divino lema de todos os vagabundos que passam de ano todos os anos, enquanto aqueles nerd's se matam de estudar:

"Quem não cola não sai da escola."




Bon apetit! ;)
 
Ei não estou jugando seus Tópicos mais eu caho que vc deveria criar Tópicos mais criativos.


(d1g0 MKL Z!K4)
<Steam> rodrigoo6
-Face- Rodrigo ribeiro
 
acho que vc deveria tomar advertencia por esses topicos.... fica tomando espaço de topicos bons!!!

Já vi que em varios topicos seus, vem recebendo criticas e ainda bate boca, você está errado mano, para de criar essas porcarias que vc está chamando de tópico
 
Não precisa de advertencia precisa de criatividade.


(d1g0 MKL Z!K4)
<Steam> rodrigoo6
-Face- Rodrigo ribeiro
 
Fonte ??
 
A fonte ta no #Parte1 !
 
mas tem que colocar aqui tbm mano fica a dica
 
legal